sábado, 20 de fevereiro de 2010

O Essencial


O essencial estava na folha de brancura
para trás ficam páginas de mil palavras,
Impasse transparente final da aventura
e libertador de todas as letras escravas.

O essencial estava nesse vazio indeciso
por tanto querer dizer mas não escrever,
Passe conduto para o vocalizar conciso
e salvador de toda a timidez do querer.

O essencial estava no sentir apreendido
bastava verbalizar nesse passo abismal,
Desenlace corajoso claramente decidido
e dizer-te que de tudo tu és o Essencial.
________
Vamaloso
________

Foto : Google

4 comentários:

  1. Grande momento ler teus versos
    estou encantada, voltarei mais vezes,
    adorei ler :

    Guiza por Chichen-Itza

    Vou editar e enviarei i Link para você apreciar,
    com admiração,
    Efigênia Coutinho

    ResponderEliminar
  2. Olá Efigênia,

    Será sempre um prazer receber a tua visita e fico grato pelo comentário.

    Un abraço

    Vamaloso

    ResponderEliminar
  3. Olá Bel,

    Grato pela tua visita e comentário ao "O Essencial".

    Um abraço,

    Vamaloso

    ResponderEliminar