domingo, 24 de outubro de 2010

Pétala



Uma pétala caiu desse canto de água
como folha de Outono que desmaia,
Uma pétala percorreu tez de frágua
ficou pendente dessa concha catraia.

Uma pétala gelou o frio do sentimento
como moinho de vento sem a semente,
Uma pétala ecoou todo o pensamento
sobrou palavra da gota que não mente.

________
Vamaloso
________

Foto : Google

sábado, 23 de outubro de 2010

Aurora



Numa bolina sem sentido a desmaiada proa chorou
o momento sem rasgo de luz do inventor da hora,
sem ré perdeu porto e encalhou quina no que amou.

Num banho inesperado de resplandecente aurora
uma colher da alma num charco de mágoa secou,
a cicatriz cura no tempo quando a dor se evapora !

________
Vamaloso
________

Foto : Google