sexta-feira, 29 de maio de 2009

Poria

No outro dia esclareci num assento de vida
que poria de parte o acento da minha mania,
No outro dia percebi num acesso de euforia
que podia de todo, ser excesso, ser a alegria…

Que poria tudo o que me pedias
e que seria tudo o que tu querias,
E se ainda algo faltasse
eu poria porque eu podia,
eu poria porque eu queria…

Mas traguei a noite nesse meu assento de bar
que serve líquido e põe acento no meu falar,
Mas já dei por alta a noite no passo de cruzar
que entorpece corpo, por excesso, por cantar…

Que poria tudo o que me pedias
e que seria tudo o que tu querias,
E se ainda algo faltasse
eu poria porque eu podia,
eu poria porque eu queria…
________
Vamaloso
________

Foto: Vamaloso

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Matamorra em Porto Santo

Foi na rota de uma promessa de sangue de drago
que escolhemos pura lágrima seca por descanso,
Fizemos Matamorra perfeita num selado abraço
que enchemos só de jura na Ilha de Porto Santo.

Seiva apetecida devia ser uma promessa eterna
que esquecida não dura se o laço não se cultiva,
Amor corsário levou cada um para a sua regela
mas sopra vento neste mar e existe pano na vela.
________
Vamaloso
________

Foto: Vamaloso

sábado, 16 de maio de 2009

Sou como Zêzere

Na berra ao nascer privado do calor
o primeiro prazer foi cântaro magro,
Na descoberta da forma e pela cor
foi por amor o meu primeiro passo.

Apontei canoa mas deixei-me levar
por traçados dos vividos influentes,
Estudei muitas artes de bem remar
mas cresci só em amores afluentes.

Sou como Zêzere moldando pedra
na natura da minha marca nesta era,
Para trás só o meu tempo de chegar
na frente por me atrever a contemplar !
________
Vamaloso
________

Foto: Vamaloso

sexta-feira, 8 de maio de 2009

No Golfo de Bodrum


Deitado no porto por onde o sonho atraca
levanto o meu mundo que o conto abarca,
Em Setembro de Sol e Lua em harmonia
vivi no Golfo de Bodrum em pura deriva.

Enrolado sonho de te querer a meu lado
e desperto no conto por sonhar acordado,
Só queria voar mas sem asas mergulhei
e só queria te encontrar onde não te achei !
________
Vamaloso
________
Foto: Vamaloso

sexta-feira, 1 de maio de 2009

A vista de Cumil em Korzo

Noutro tempo e noutro lugar marcharia em avenida
por muguet de dignidade ou por cravo na liberdade,
neste tempo e neste lugar o reencontro é na esquina
por reviver momentos de glória dessa Korzo cidade.

Existe compasso no passo em círculo só para te ver
por já não marchares e sem saber se tens memória,
existe pauta na pausa em registos para te poder ler
e é assim que quedo e mudo fazes recordar história.
________
Vamaloso
________

Foto: Vamaloso