sábado, 16 de maio de 2009

Sou como Zêzere

Na berra ao nascer privado do calor
o primeiro prazer foi cântaro magro,
Na descoberta da forma e pela cor
foi por amor o meu primeiro passo.

Apontei canoa mas deixei-me levar
por traçados dos vividos influentes,
Estudei muitas artes de bem remar
mas cresci só em amores afluentes.

Sou como Zêzere moldando pedra
na natura da minha marca nesta era,
Para trás só o meu tempo de chegar
na frente por me atrever a contemplar !
________
Vamaloso
________

Foto: Vamaloso

1 comentário:

  1. Boa tarde,

    Somos alunos da Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, estamos a realizar um trabalho para a cadeira de Aspectos Sócio-Profissionais da Informática. O tema do trabalho é “Blogs em Portugal”, gostaríamos de saber se tem disponibilidade para nos responder a um pequeno inquérito, nada de muito extenso, acerca do seu blog?
    Caso seja possível, por favor responda-nos para o nosso e-mail: aspi.fct@gmail.com.

    Agradecemos desde já.

    ResponderEliminar