domingo, 18 de abril de 2010

Ondas ( os teus lábios )


São uns sensores de verdade
teus lábios sinceros em mim,
São alimento duma saudade
em vagas de quente carmim.

Os teus lábios minhas ondas
são nus e crus para afundar,
Sempre altivas essas ondas
são para entrar e mergulhar.

Se eu por mim em ti naufrago
acolhes-me numa duna macia,
Se eu por mim em ti me alago
teus lábios do sorriso à alegria.

________
Vamaloso
________

Foto : Google

domingo, 4 de abril de 2010

Um Amor ( Puro Fado )


Um amor bateu com a porta
bateu com força em segredo,
Saiu quando não era a hora
fugiu no silêncio com medo.

Um amor esqueceu a chave
esqueceu de entrar a sorrir,
Lançar um perfume suave
abraçar e um beijo a florir.

Um amor eterno é puro fado
eterno da viola e da guitarra,
Canção da vida é lado a lado
amor de dois feito com garra.

________
Vamaloso
________

Foto : Google

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Se tiver de Ser


Se tiver de ser serei estrela
já ali no centro do universo,
ser o ponto de luz sentinela
na noite dessa paz submerso.

Se tiver de ser serei pássaro
dali de cima dono do vento,
ser asa sombra de ver claro
a beleza dos dias suspenso.

Se tiver de ser serei diamante
daqui do chão centro da terra,
ser lapidado num anel amante
em brilho que o amor encerra.

Se tiver de ser serei que seja eu
de viver aqui não se me esqueça,
ser esse humano afinal não doeu
se tiver de ser que volte depressa.
________
Vamaloso
________

Foto : Google