domingo, 14 de fevereiro de 2010

Fado discreto



Calçada quente na noite da viela
ao seu passo tremido no incerto,
Esquina candeia de aberta janela
ser o fadista nesse canto discreto.

Á voz rouca gemeram as cordas
um som do nada e tudo concreto,
Aos seus dedos pararam as horas
á guitarra e viola de fado discreto.

_________
Vamaloso
_________

Foto : Google

Sem comentários:

Enviar um comentário