domingo, 15 de maio de 2011

Sem pressa


Hoje como ontem, fazes mais uma viagem,
Hoje vens com pressa, sem pressa partirás,
Soltas um sorriso e teu perfume em aragem,
Lanças lábios em eco na boca que beijarás.

Profundizas o olhar num beijo entrelaçado,
Profetizas o desejo nesse amor de certezas,
Com pressa dum corpo em corpo abraçado,
Sem pressa no sentir de mágicas surpresas.

E abres a cortina duma papoíla selvagem,
Foz vermelha de vítrea gotícula agridoce,
Gutural som que pela noite atravessa...

Colhes dum cravo seiva da sua vagem,
Ontem, o tempo fugiu a corte de foiçe,
E se hoje viesses, partirias sem pressa...

________
Vamaloso
________

Foto : Google

Sem comentários:

Enviar um comentário