sexta-feira, 19 de março de 2010

Barcos de Papel


São mais que simples barcos de papel
que levam todas essas minhas crenças,
Lanço um e mais outro num mar de fel
de palavras em ondas de recompensas.

Barcos escritos para teus olhos de mel
que navegam e se afogam em conforto,
Lanço um num sopro de flauta de sisel
cumpre papel encalhando no teu porto.

Letras as tábuas são remos das palavras
que fazem de frases sentidas a sua vela,
Altivos nas ondas de espuma que lavras
cada meu barco de papel a tua caravela.
________
Vamaloso
________

Foto : Google

Sem comentários:

Enviar um comentário